A roupa interfere com o sono

A novidade vai além das hormonas do sono, do efeito do telemóvel e outros hábitos afetos ao sono e à saúde. E parece que aquilo que vestimos também terá influencia… Quem o diz é o Sleep Council, uma associação Britânica de especialistas do sono.

 

 

Dormir nu, favorece o sono e tem benefícios para a saúde… Por um lado, ajuda a regular a temperatura corporal. Sendo a temperatura ótima para dormir os 20 graus celsius. Durante o sono, a temperatura corporal baixa, sendo que dormir de pijama pode interferir com este processo.

Por outro, o uso de pijama aumenta a probabilidade de transpiração genital o que facilita, segundo os cientistas, o aparecimento de infeções fúngicas que prosperam em ambientes húmidos e escuros.

Também defendem que dormir nu, favorece a fertilidade. No estudo de 2016, em 500 homens norte-americanos, os que não dormiam de boxers tinham menos 25% de fragmentação do DNA do esperma.

Ajuda a diminuir a pressão arterial. Isto porque poderá estar aumentada a libertação de ocitocina e a produção desta hormona, que para além de reforçar o sistema imunológico diminui a pressão arterial.

Favorece a regeneração da pele,  o que será consequência da possível irritação pelos tecidos e da fricção da pele.

Outra razão que quase adivinhamos é melhorar a circulação, já que fica liberto de tecidos e elásticos apertados. Yes!!

Para quem quer emagrecer, dormir nu pode ser a dica a ter em conta. Isto porque, se o corpo estiver demasiado quente, a hormona cortisol permanece elevada e, deste modo o corpo opta por armazenar a gordura em vez de queimá-la.

Também diminui a ansiedade e o stress. Ao dormir nu e com a temperatura adequada, os níveis de cortisol mantém-se estáveis o que favorece o relaxamento.

Convencidos?! Eu apesar de todos os benefícios continuo mais confortável com um pijama de algodão ou seda, leve e sem apertos.

 

Artigo – Revista VISÃO

Partilhar:
Iva Lamarão

Iva Lamarão

Deixe uma resposta