O queijo e a dependência

Há quem diga, por graça ( ou não ), que quem come queijo tem perda de memória… E poderá ter o seu fundamento… Mas eu que adoro queijo, fiquei curiosa com o estudo da Universidade do Michigan, agora apresentado.

E não é que o queijo pode criar dependência como certos opióides que conhecemos?!

 

image

 

O estudo publicado pela U.S. National Library of Medicine procurou analisar o porquê de alguns alimentos provocarem mais dependência do que outros. ( 1 )

Foram identificados alimentos com efeito aditivo em 500 participantes. Relacionando-se tal efeito, com o grau de processamento dos alimentos. Quanto mais processados e ‘ gordos ‘, mais estes se relacionam com o comportamento aditivo e a procura desse alimento. ( 2 )

 

tumblr_mh33dyP1YO1qh4p4io1_500

 

No caso do queijo, isto deve-se a um ingrediente específico da sua composição, a caseína. Uma proteína presente nos derivados do leite, que ao ser degradada dá origem a um opióide, a casomorfina. ( 2 )

A casomorfina, especificamente a beta-casomorfina-7 ( b-CM7 ), afecta zonas do cérebro compostas por vias dopaminérgicas, serotominérgicas e gabanérgicas, envolvidas nos comportamentos emocional, motivacional, adaptação social, alucinação e delírio. ( 3 ) O que explica a capacidade de ‘ viciação ‘ do queijo… E o facto de quanto mais comermos, mais tendemos a procurar e ingerir queijo.

 

tumblr_mmc0mkTH5f1qmankdo4_500

 

 

Referências

 

( 1 ) Diamiani Daniel, Damiani Durval, Sinalização cerebral do apetite, rev. Bras Clin Med., São Paulo, 2011 mar-abr; 9 (2):138-45;

( 2 ) Schulte M. Erica, Avena M. Nicole, Gearhardt N. Ashley, Which Foods May be additive? The roles of processing, fat content and glycemic load. Feb 18, 2015. DOI: 10137/journal.pone.0117939;

( 3 ) Sun Zhongjie, Cade Robert J., Fregly J. Melvim, Beta-casomorphin induces Fas-like immunoactivity in discrete regions relevant to Schizophrenic and Autism, Privatr Malcolm R. Univ. of Florida, USA, Autism March 1999 vol. 3 no.1 67-83.

 

Partilhar:
Iva Lamarão

Iva Lamarão

Deixar uma resposta