Peça um desejo na chuva de estrelas cadentes

Hoje é dia de, por instantes, sair da cidade e procurar o melhor ponto de observatório no campo. As estrelas cadentes vão inundar o céu com uma chuva de meteoros conhecida como chuva de Perseidas.

 

 

Estas estrelas são na verdade pequenos pedaços de rocha, compostos por poeira e areia, que resultam do rastro deixado pela passagem do cometa Swift-Tuttle. Isto acontece quando a terra na sua rota em volta do sol, passa pela zona onde se encontram estes detritos e faz com que se desintegrem ao entrarem em contacto com a atmosfera terrestre. Daí os rastros luminosos riscados no céu.

Lembro -me de há alguns anos , quando ainda era criança, ir com uma tia para o campo observar estrelas cadentes num ‘espetáculo’ semelhante. Um fenómeno que, se reunidas as condições de boa visibilidade, com céu limpo e pouca luz, é bonito de ver. Continue reading “Peça um desejo na chuva de estrelas cadentes”

Hidratação a mais tem efeitos na saúde

Até aqui ‘fartamo-nos’ de ler artigos que recomendam o consumo de água. Fundamental para manter a hidratação e as necessidades metabólicas do organismo. Mas, se beber água é fundamental, beber em excesso pode ter danos para a saúde.

 

 

A Universidade de Monash, na Austrália, revelou um estudo que consistiu no registo, através de ressonância magnética, da atividade cerebral e do esforço que implicou beber água em duas situações distintas: com sede, após a prática de exercício físico e sem sede, depois do consumo de grandes quantidades de água.

A investigação mostrou que o cérebro tem mecanismos de defesa que ficam ativos quando ingerimos demasiados líquidos. Os testes revelaram, em casos de consumo excessivo, uma sensação de “garganta fechada”, podendo triplicar o esforço para engolir. E o problema agrava-se porque muitas vezes essa sensação é erradamente interpretada como a necessidade de ingerir mais água… Continue reading “Hidratação a mais tem efeitos na saúde”

Óleo de Coco e as doenças cardíacas

Hoje dedico o artigo ao óleo de coco e às suas vantagens… Agora relacionadas com as doenças cardíacas.

Ainda não me rendi ao óleo de coco. E são várias as fontes que o ‘dão’ como milagroso… Mais saudável e de consumo diário recomendado…

Foi efetuado um estudo, por investigadores da Universidade de Cambridge, com a ajuda de 94 voluntários entre os 50 e os 75 anos e com o objetivo de determinar o efeito do consumo regular de gorduras nos níveis de colesterol. Chegou-se à conclusão que o óleo de coco reduz o risco de doenças cardíacas e enfartes.

 

Continue reading “Óleo de Coco e as doenças cardíacas”

Oscares 2018 e a consagração da mudança

A noite mais aguardada do cinema passou sem grandes surpresas… Desta vez, sem erros de atribuição. Consagrou o ano das mulheres e da caça aos machistas, misóginos e predadores sexuais. Que finalmente traz consequências a uma indústria de secular predomínio masculino.

 

 

A edição que premiou como melhor filme a ‘ Formula da água ‘ com 13 nomeações ( ganhou 4 ) e o seu realizador Guilhermo del Toro. Deixando para trás ‘ Três cartazes à beira da estrada ‘ que para muitos era o favorito.

 

 

Frances McDormand  na comédia negra “Cartazes” é uma mãe de guerrilha que provoca a Polícia que nada fez sobre a violação e homicídio da sua filha e também levou para casa a estatueta dourada. Merecido.

Na categoria masculina, a consagração para Gary Oldman em “A hora mais negra” onde aparece na pele de Churchill e contamina para sempre a nossa memória do estadista inglês.

‘ Coco ‘ sem duvida o melhor filme de animação dos últimos tempos e a sua ‘ Remember me ‘ também vencedora mas na categoria de Melhor canção original. Bravo! Continue reading “Oscares 2018 e a consagração da mudança”

Danos para a pele dos smartphones

A luz azul emitida pela sua TV, computador e telefone é chamada de luz visível de alta energia (HEV) e é tão perigosa, senão mais, do que o dano solar!

Mary Logue, co-autora do estudo, da Universidade do Novo México disse-nos que “estes dispositivos são geralmente utilizados para comunicação ou entretenimento, por isso pode ser fácil ignorar suas propriedades reflexivas, a menos que capte o brilho do ecrã “.

O estudo sobre os efeitos específicos do HEV ainda está em desenvolvimento, mas os cientistas dizem que a luz penetra na pele mais profundamente do que os raios UV do sol. E por esta não esperávamos!

 

 

Continue reading “Danos para a pele dos smartphones”

Noites mal dormidas

Não será novidade que as noites mal dormidas aumentam a compulsão por comidas hipercalóricas, ricas em acuçares e gorduras. É praticamente de senso comum mas tem base cientifica. Há evidencias  epidemiológicas que relacionam a obesidade e as horas de sono.

O investigador Matthew Walker da Universidade de Berkeley observou imagens de cérebros de 23 pessoas, descansadas ou não, enquanto consumiam diferentes tipos de alimentos. O que se notou foi que áreas do cérebro responsáveis  pela satisfação ( amígdala ) responderam com maior intensidade nas pessoas que dormiam pouco.

A privação do sono diminui significativamente a atividade em regiões relacionadas com o apetite do córtex frontal humano e do córtex insular, durante escolhas de desequilíbrio alimentar. Havendo, como referi em cima, uma amplificação inversa da atividade da amígdala . Ou seja, dormir pouco interfere com as decisões racionais, levando a que as reações sejam mais impulsivas e menos racionais, até quando escolhemos o que comer.

 

Continue reading “Noites mal dormidas”