Saúde intestinal para o bem estar geral

Já dediquei alguns textos a este tema. E continua a chama-me sempre à atenção.

 

 

A saúde intestinal é sinonimo de bem-estar geral. Por isso toca a dar atenção a este órgão que regula o funcionamento de todo o organismo.

O intestino não é só essencial para absorver os nutrientes, como também tem uma estreita relação com o sistema imunitário. Não é normal sentir a barriga inchada e ficar dias sem ir ao w.c. . E a culpa, depois do que fui lendo sobre o assunto, pode ser de certos hábitos que acabam por prejudicar a saúde do intestino.

Um dos hábitos é de conhecimento comum… Continue reading “Saúde intestinal para o bem estar geral”

Deteção do cancro reincidente do pulmão graças a novas abordagens terapeuticas

A detecção precoce da reincidência de cancro após uma cirurgia, para células do pulmão e a caracterização de subclones emergentes que ‘semeiam’ metastases, podem oferecer novas abordagens terapêuticas para limitar um tumor recorrente… É o que nos diz um estudo publicado na nature.com .

 

 

Continue reading “Deteção do cancro reincidente do pulmão graças a novas abordagens terapeuticas”

Banho quente queima mais calorias que 30 minutos de caminhada

Os resultados deste estudo têm graça!

Tomar um banho quente, queima mais calorias do que caminhar 30 minutos?!

 

 

Os investigadores dizem que sim… Depois do estudo efetuado em 14 homens, colocados em duas situações… Uma hora a pedalar na bicicleta e uma hora de banho quente a 40 graus celsius.

Dos resultados, pedalar queimou mais calorias… Mas estar deitado, simplesmente a relaxar num banho quente, queimou cerca de 130 calorias, o que equivale a 30 minutos de caminhada.

O açúcar no sangue de todos os participantes foi também monitorizado durante 24 horas após os testes. E descobriu-se que o pico de açúcar no sangue era cerca de 10% mais baixo quando o banho substituiu o passeio de bicicleta. O banho também parece ter o mesmo efeito que o exercício, quando se tratava da resposta anti-inflamatória pós-atividade, para cada um dos participantes.

O estudo sugere que o aquecimento passivo – relaxar no banho quente durante uma hora – pode ajudar a reduzir a inflamação…

Curioso é que, o aquecimento passivo como tratamento médico é relativamente novo e popular na Finlândia. Com um estudo publicado na revista JAMA Internal Medicine de 2015, a sugerir que gastar tempo em saunas – outro ato de aquecimento passivo – pode ajudar a evitar doenças cardiovasculares.

Uma particularidade a ter em conta é que, todos os participantes do estudo eram homens… E dado que os corpos, masculino e feminino, podem agir de formas drasticamente diferentes, pode haver alguma variedade nos resultados…

 Seja como for, um banho de espuma numa banheira quente, no final de um dia stressante, terá vantagens para a sua saúde mental.

Arsénio vs consumo de arroz

Noticias recentes davam conta do arroz como um alimento a evitar! Isto, graças à quantidade de arsénio inorgânico incorporado, um conhecido veneno que levanta a preocupação! E eu que adoro arroz e sushi!

O arsénio existe naturalmente na terra e está classificado como agente cancerígeno de categoria 1 pela UE… O que significa que é uma das causas conhecidas de cancro nos humanos.

 

 

Contudo, a existência deste composto na terra torna os alimentos contaminados, em geral, a um nível tão baixo que não levanta razões de preocupação.

O arroz, é diferente de outras culturas porque cresce em campos inundados, o que torna mais fácil a absorção de arsénio. Daí ter 10 a 20 vezes mais arsénio que outro cereal.

 

 

O grau de toxicidade do arroz e o seu efeito na nossa saúde, depende da dose de consumo… Quanto maior a dose de arroz que consome, mais elevado é o risco.

Os entendidos mostram-se especialmente preocupados com quem consome muito arroz, bebes e crianças. Um adulto que não consuma mais do que 2 doses de arroz por semana, não estará em risco.

 

E como podemos cozinhar o arroz de modo a reduzir a contaminação? Continue reading “Arsénio vs consumo de arroz”

A melatonina e a regulação do sono

Esta hormona, sintetizada na glândula pineal, tem a sua principal função na regulação do sono. E é a maior aliada no combate à insónia e ao alivio do jet lag.

 

 

Libertada diretamente na circulação, à medida que é sintetizada, é mediadora do ciclo claro/escuro do ambiente e dos processos fisiológicos como função endócrina da reprodução, função imunológica, ciclos de atividade/repouso e sono/vigilia. Num ambiente escuro e calmo, os níveis de melatonina do organismo estão aumentados, causando o sono.

Outra das suas funções é a antioxidante, atuando na recuperação das células epiteliais expostas à radiação ultravioleta. Continue reading “A melatonina e a regulação do sono”

Mastigar de boca aberta, não obrigado

É dos que fica verdadeiramente incomodado com o barulho de alguém a mastigar ao lado? Então este artigo é para si!

 

 

O certo é que estar perto de alguém que teima em mastigar as pipocas de boca aberta no cinema, não é das experiências mais agradáveis… Mas a ciência dá-nos uma explicação mais aprofundada sobre o assunto. Continue reading “Mastigar de boca aberta, não obrigado”

Nutella vs Cancro

Uma notícia do Independent dá conta do potencial cancerígeno do tão adorado creme de chocolate e avelã Nutella.

Esta dúvida da relação da Nutella com o cancro, negada pelos seus fabricantes da Ferrero, deve-se ao óleo de palma usado na confeção do creme de chocolate e avelã.

 

46218

 

Em maio, a autoridade reguladora  the Euŕopean Food Standards Authority alertou que os componentes encontrados no óleo de palma,  apresentavam um potencial cancerígeno e que por falta de dados definitivos, nenhuma forma deste óleo teria um consumo seguro.

A indústria alimentar usa mais de 75% do óleo de palma produzido no mundo. E a indústria da cosmética cerca de 20%.

O receio de cancro está centrado no componente conhecido como Continue reading “Nutella vs Cancro”

Aliados detox pós-festas

Tempo de festas é tempo de esquecer a dieta. E tempo de excessos, daqueles que fogem à rotina e nos deixam empanturrados por um bom tempo.

 

img_3859

 

Este período é acompanhado por bons vinhos e cocktails. E é praticamente de senso-comum o efeito do álcool no organismo…

O álcool estimula a libertação de adrenalina, aumentando a tensão nervosa, irritabilidade e insónia. Tem efeito diurético, deixando o organismo em estado de desidratação, o que é entendido como agente que causa aumento da libertação de cortisol (hormona do stress). O consumo frequente de bebidas alcoólicas está também associado a patologias como esteatose hepática, arritmia cardíaca e pancreatite. Por isso modere, mesmo em tempos de festas. Beba bastante água e, se possível, faça uma drenagem linfática.

Em opção pode fazer o cocktail…

 

Ingredientes
• 1 litro de água com gás
• 1/2 garrafa de champagne
• Sumo de 1 limão
• 2 maçãs
• 1 pêra
• 1 manga
• 1/2 abacaxi
• Sumo de 1 laranja
• 1 lasca de gengibre

 

Opte por bebidas destiladas e escolha frutas mais doces e menos cítricas para o cocktail, assim não será necessário o uso de açúcar.

 

Li também as dicas da nutricionista brasileira Patrícia Haiat, sobre os aliados caseiros pós-festa que podemos fazer em casa e beber, sem esforço e quis partilhar com vocês.

Confesso que não sou muito de sumos detox e misturas estranhas que prometem milagres. Mas estas convenceram-me.

 

img_3858

 

Depois do natal, experimentem a mistura… Continue reading “Aliados detox pós-festas”