Caminhos de Santiago

Uma escapadela à Galiza, pelos caminhos de Santiago, só pode ser bom.

5 anos depois achei que era uma excelente oportunidade de passeio, nesta semana de reis, para recordar e ´beber´ história, aqui tão perto.



A catedral de Santiago, consagrada no ano de 1211, é uma das obras de maior destaque da arte românica europeia. Foi construída para receber os peregrinos que chegavam de todo o continente para prestar culto aos restos do apóstolo Santiago. Um dos doze apóstolos de cristo, martirizado e tornado santo, guardados no seu interior.

De acordo com outras tradições, Santiago teria aparecido miraculosamente em vários combates travados em Espanha. E foi também protetor do exército Português até à crise de 1383-1385.

O escritor Cervantes registrou, no seu Don Quixote de La Mancha, que ´Santiago Mata-Mouros´ é um dos mais valorosos santos e cavaleiros que o Mundo alguma vez teve. Dado a Espanha por Deus, como seu patrono e para sua proteção.

A arte, a história e a espiritualidade manifestam-se em cada um dos espaços da catedral. E estendem-se  atualmente às escavações do seu subsolo que incluem uma necrópole romana.


Aproveitei a viagem para também matar a saudade das tapas e da tortilha galega e dos caramelos de Vigo. Fica o regresso à Corunha para uma próxima oportunidade.

Deixo-vos algumas fotos deste dia… Bons passeios!



Partilhar:
Iva Lamarão

Iva Lamarão

Deixe uma resposta