Adeus olheiras

Se sofre de olheiras crónicas há um tratamento inovador que pode fazer a diferença.

O cirurgião plástico Biscaia Fraga apresenta um novo tratamento, pouco invasivo, que preenche a pele junto ao olho, valorizando e sublimando, segundo o especialista, o olhar.

 

transferir (1)

 

As olheiras afetam todos nós… Noites mal dormidas, dias de trabalho intenso e pouco descanso, deixam as suas marcar. Os cuidados de beleza e uma boa noite de sono, resolvem… Mas há casos em que as olheiras tem outras origens, como a hereditária, alergias, asma, entre outros e tornam-se crónicas. Por outro lado, também sabemos que, com o avanço da idade estes papos tem tendência a piorar.

Para quem queira um tratamento de fundo, este método pode ser a solução eficaz.

Esta técnica combina fatores de crescimento e gordura ( tecido adiposo ) do próprio paciente, preenchendo a pele junto ao olho, de acordo com as necessidades de cada pessoa, elimando o aspecto escuro da olheira.

Segundo o especialista, o tratamento beneficia e rejuvenesce não só a zona em torno do rosto, mas também todo o rosto.

O procedimento passa por recolher uma pequena quantidade de tecido adiposo de uma zona criteriosamente selecionada do corpo ( as coxas ou abdómen ). O tecido adiposo é então decantado ( separação da parte liquida da sólida ). De seguida é centrifugado e associado a factores plasmáticos, sendo também a parte liquida extraída do próprio paciente, centrifugado e tratado. A parte solida ( com as plaquetas e os glóbulos ) é separada da liquida, de onde se aproveita o plasma rico. Esta gordura enriquecida fica então pronta a ser utilizada. E promete resultados imediatos.

 

Curioso, não?!

 

Fonte

 

Partilhar:
Iva Lamarão

Iva Lamarão

Deixar uma resposta