A idade da pele

Qual a fase da vida em que o envelhecimento se torna visível?

 

image

 

 

Como sabemos, envelhecemos a cada minuto de vida. E 80% desse envelhecimento está relacionado com o estilo de vida.

Se juntarmos a isto a componente hereditária, a poluição a que estamos sujeitos e a exposição solar, fica fácil entender a linha de evolução do envelhecimento ao longo do tempo. Mas, a partir de que idade é notado na pele?

 

 

 

mascara2

 

 

Estudos realizados em solo americano pela professora dermatologista Alexa Kimball, da Harvard Medical School, Massachusetts, em parceria com a marca Olay e a empresa de genética pessoal 23andMe, demonstram que devido à poluição e ao aumento do nível de radiação solar, entre outros efeitos, os processos celulares mudam e os efeitos cumulativos aparecem mais precocemente e juntos. Principalmente para quem não tem cuidados preventivos.

Da análise dos resultados, demonstrou-se que estes efeitos devem-se a uma deficiência em produzir antiglicante e antioxidantes, à dificuldade em produzir energia mitocondreal, importante para os processos celulares na replicação, regeneração e auto- reparação… Na perda imunológica e de defesa, assim como a perda da capacidade da barreira cutânea, para a defesa da pele das hiperrecatividades, alergias e envelhecimento.

 

São identificadas cinco ‘ idades da pele ‘.

Aos 20 anos, é quando fisiológicamente acontece o primeiro processo de envelhecimento, com a diminuição natural de antioxidantes. A prevenção passa pelo uso de produtos com vitamina C, vitamina E, extrato de chá verde, hidratação e prevenção solar.

Aos 30 anos, o metabolismo começa a abrandar, o que afecta a bioenergia das celulas da pele, para a criação de colagénio e activação dos processos de reparação. A prevenção passa pelo uso de Niacinamida ou Vitamina B3, colagénio e bioenergizantes mitocondreais.

Aos 40 anos, ocorre a senescência celular. Processo em que o ciclo de vida natural das celulas é menor. Retinol, ácido hialurónico, factores de crescimento e peptìdeos, são alguns dos ingredientes recomendados. Ajudam a impulsionar os processos celulares, retardando os efeitos do envelhecimento.

Aos 50 anos, a função da barreira da pele enfraquece, o que a torna mais seca. Vitamina D, nanoconjugados de silicio orgânico e tetrapeptideos, podem melhorar o apoio estrutural da pele.
O importante é envelhecer bem, com rugas para contar a história. Mimem-se.

 

 

 

http://www.elle.com

http://vogue.globo.com

http://www.marieclaire.com

Partilhar:
Iva Lamarão

Iva Lamarão

Deixar uma resposta